Drones: as ferramentas de AP que vieram para ficar!

E se a fazenda fosse vista de cima, teria coisas a mais para revelar? Os drones nos ajudarão a fazê-la falar. Depois de serem ferramentas de pesquisa, os drones se desenvolveram e servem a agricultura de precisão e também a pecuária.
A agricultura já usa metade dos 20.000 drones civis. Graças às imagens captadas por seus sensores, essas jóias tecnológicas voadoras fornecem indicadores agronômicos sem a necessidade de coletar amostras. Ao sobrevoar um lote, o drone registra uma infinidade de imagens georeferenciadas com precisão centimétrica. É a sua baixa altitude (até 150 metros), comparada a um satélite, o que permite essa precisão. Essa característica também garante outro benefício em relação a seu concorrente: não ser incomodado pelas nuvens. Existem dois tipos de drones: asa fixa (como um mini avião) ou multirotor (com múltiplos rotores).

Drones na Agricultura de Precisão

A agricultura de precisão é um conceito de gestão agrícola baseado na observação, medição e resposta à variabilidade dentro das culturas e/ou no solo. Seu objetivo é aplicar com mais eficiência os recursos limitados de uma fazenda para obter o máximo rendimento.
Devido à sua natureza, a agricultura de precisão requer muitos dados para funcionar. Os três principais tipos de dados incluem:

1- imagens georeferenciadas: imagens aéreas visíveis e multiespectrais feitas de áreas, ao longo do tempo;

2- desempenho do equipamento: feedback em tempo real e registros fornecidos por equipamentos tripulados e não tripulados equipados com sensores, como semeadoras, distribuidores, tratores e colhedoras;

3- dados de manejo: resultados de amostragens, rendimento da safra e outros dados fornecidos pelos colaboradores da fazenda.

Onde os drones se encaixam na agricultura de precisão? Em comparação com outros métodos de pesquisa aérea, os drones geram dados mais precisos e mais frequentes sobre a condição das culturas. Esses dados são usados de várias maneiras para melhorar o desempenho da operação de uma fazenda.

Para o levantamento de talhões com menos de 50 hectares, os drones são mais baratos do que a vigilância de aeronaves tripuladas, a exploração tripulada e imagens de satélite. Resta a questão do custo de aquisição. Com a compra do drone para uso profissional, é necessário acrescentar que, além do software, é indispensável a patente de pilotagem. O que aumenta a adição para mais de 30 mil dólares. Isso explica por que os drones são usados principalmente por empresas especializadas, organizações agrícolas ou cooperativas.
Se você estiver interessado em pilotar seu próprio drone agrícola ou se você pretende contratar um terceiro para pesquisar culturas, deve-se aprender sobre:

  • os drones mais populares que vendem hoje (asa fixa e multirotor);
  •  como e por que os drones são usados para explorar campos e plantações para verificar a saúde das plantas;
  • os benefícios e limitações do uso de drones versus outros métodos de pesquisa de aérea;
  • os diferentes componentes de software e hardware necessários.
  • como começar – incluindo uma pequena lista de pacotes de drones prontos para voar projetados especificamente para a agricultura e uma pequena lista de empresas de serviços que você pode contratar para pesquisar.

Apenas profissionais, por favor!

Os drones agrícolas não são drones de câmera ou drones de corrida para o consumidor comum. Eles são ferramentas avançadas de coleta de dados para profissionais sérios. Os preços dos sistemas completos e prontos para uso dos drones variam de R$ 8.000,00 a mais de R$ 100.000,00.
Existem dois tipos de profissionais que podem querer possuir um drone agrícola:

    • agricultores que querem fazer suas próprias missões de imagem; e,
    • prestadores de serviços agrícolas e outros que operam drones para os agricultores.

Se você se encaixa em qualquer uma dessas categorias, observe:
A ANAC (Agência Nacional de Aviação Civil) já aprovou curso de pilotos de drones, o que significa que o operador do drone deve ter um Certificado de Piloto para voar. Em outras palavras, não existe piloto de drones amador na agricultura.
Todos esses drones aéreos não tripulados são entregues prontos para o uso e estão equipados com todo o software, sensores e hardware necessários para verificar a saúde das plantações, rastrear o gado e pesquisar terras agrícolas. O mercado está mudando rapidamente, e a maioria dos fornecedores atualiza seus preços, recursos, plataformas e pacotes de software no que parece ser uma base mensal. Certifique-se de verificar o website do fabricante para obter os detalhes mais recentes, promoções, garantias e os melhores preços conforme demanda.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s